Mario Dal Maso

Dedetização de condomínios deve ser feita regularmente


Os animais chamados urbanos, como cupins, ratos, baratas e formigas, são verdadeiros vilões dos condomínios que podem se tornar pragas facilmente, uma vez que sua proliferação é bastante rápida. 

Para evitar este cenário perturbador, síndicos devem realizar periodicamente a dedetização e desratização das áreas comuns do edifício.  Para isso, ele deve contar com a ajuda de uma empresa especializada neste tipo de serviço. “A dedetização preventiva, ou seja, aquela realizada antes da infestação de pragas deve ser feita semestralmente”, explica o gerente de condomínio da Mario Dal Maso, Jair Aleixo. 
 
Jair ressalta que é responsabilidade do síndico cuidar das áreas comuns, mas que também os condôminos devem promover a dedetização de suas unidades. “A ação não é obrigatória, mas o síndico pode conscientizar os moradores sobre a importância de cuidar deste ponto”, completa.

 

< Voltar



Mario Dal Maso - 2017 © Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Predicado Comunicação