Mario Dal Maso

Erros em instalações elétricas podem ocasionar graves acidentes


 No ano passado, ocorreram no Brasil 773 acidentes na rede elétrica, que resultaram na morte de 240 pessoas. Os números constam de uma pesquisa divulgada pela a Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee), nesta temos os dados de que nos últimos oito anos, houve 1.244 mortes causadas por esse tipo de acidente.

Ainda de acordo com a associação, o número de mortes passou de 381, em 2001, para 240 em 2016. No ano passado, o número total de acidentes foi de 773, sete a menos que os 780 registrados em 2015.
 
Acidentes em obras de construção civil e manutenção predial aparecem na frente com 80 casos; instalações elétricas clandestinas, os chamados gatos, vêm em seguida com 20 ocorrências. 
 
A prefeitura de São Paulo informou ainda que em seu relatório, datado de janeiro de 2017, já indicava problemas graves na instalação elétrica e no sistema de combate a incêndios do prédio que desabou no centro de São Paulo na primeira semana de abril.
 
A gerente de condomínio da Mario Dal Maso, Cintia da Gama Rocha alerta que é imprescindível que as famosas “gambiarras” sejam evitadas nas instalações. “Contratar uma empresa de confiança é primordial para que os serviços não propiciem riscos e emitam laudos elétricos que assegurem o síndico de processos futuros”, afirma.
 
Para Cintia, muitos dos acidentes são ocasionados pela falta de informação. “Se a instalação elétrica está antiga ou não está apta atender a demanda do condomínio, pequenas falhas começam a ocorrer, e é imprescindível que os reparos corretos sejam feitos de imediato.”, finaliza.

 

< Voltar



Mario Dal Maso - 2017 © Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Predicado Comunicação