Mario Dal Maso

Gestão condominial requer credibilidade e organização


Como em qualquer outra posição de trabalho, a credibilidade é algo essencial e, nos condomínios, a atividade do síndico também exige essa qualificação. Para ser um bom administrador, além de cumprir o que determina a convenção do condomínio e a legislação, o síndico deve ter uma boa capacidade de relacionamento interpessoal, liderança, conhecimento de administração condominial e, é claro, disponibilidade de tempo para se dedicar às suas funções.

Os síndicos também devem atender diversos tipos de demanda, trabalho que exige muita organização e comprometimento. Por estes motivos, a gerente de condomínio da Mario Dal Maso, Marlene Almeida, afirma que o cargo de síndico deve ser ocupado por quem realmente estiver disposto a dedicar-se a gestão condominial e aprender a administrar diversos pontos de vista e situações. 
 
“Hoje os síndicos devem estar atentos a três principais fatores: o primeiro diz respeito às leis que influenciam a vida condominial como um todo. A cada ano surgem novas leis, e algumas existentes são alteradas. Em segundo lugar, notamos que os condomínios estão cada vez mais complexos, oferecendo cada vez mais serviços para seus condôminos. Temos condomínios-clubes, que parecem mini cidades, e administrá-los de forma eficiente necessita de um leque amplo de conhecimentos. Por último, os condôminos estão cada vez mais exigentes e preocupados com qualidade de vida, ao mesmo tempo em que querem reduzir seus gastos.”, pontua Marlene.

 

< Voltar



Mario Dal Maso - 2017 © Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Predicado Comunicação